Para o idoso, a atividade física contribui para que se integrem ao meio social onde vivem, segundo seus interesses e necessidades motoras, intelectuais e afetivo-sociais. Devem ser prazerosas, desinibidoras, interessantes, capazes de ampliar as relações sociais e facilitar o convívio de pessoas que se identificam na participação do programa de treinamento.
Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), entende-se por idoso ou pessoa da terceira idade, indivíduos com mais de 60 anos de idade, instituído pelo estatuto do idoso.
A atividade física para terceira idade deve seguir o conceito “envelhecimento com sucesso”, que engloba três diferentes domínios multidimensionais: a) evitar as doenças e incapacidades; b) manter uma alta função física e cognitiva; e c) engajar-se de forma sustentada em atividades sociais e produtivas.

Objetivo

O Objetivo da prática de uma atividade física regular para o idoso é promover a melhora da composição corporal, a diminuição de dores articulares, o aumento da densidade mineral óssea, a melhora da utilização de glicose, a melhora do perfil lipídico, o aumento da capacidade aeróbia, a melhora de força e de flexibilidade, a diminuição da resistência vascular. E, como benefícios psicossociais encontram-se o alívio da depressão, o aumento da auto-confiança, a melhora da auto-estima.

O programa de Treinamento é dividido em 3 partes:

  • Aquecimento;
  • Treinamento Neuromuscular;
  • Volta a calma.

 

       

Leave A Comment